12/08/2016

BOAS FÉRIAS A TODOS


Vou estar ausente por um período para já indeterminado (mas não longo) !? ... e, 
muito provavelmente, não virei aos blogs, pelo menos para comentar . :((



Os meus votos de BOAS FÉRIAS para quem as está a gozar ou ainda não gozou !

Para os outros, os que se manterão por aqui, os meus votos de uma BOA BLOGOSFERA, especialmente com  MUITA AMIZADE MÚTUA  !!! 

(creiam que ficarei convosco em pensamento)  ! :)

Até ao meu regresso e ...  FIQUEM BEM !!!

.

UM TESTAMENTO COMPLICADO

 DURANTE UNS DIAS, ...  UMA POR DIA !  
10ª

Obrigado a todos os participantes ou simplesmente presentes, quer tenham acertado com a solução, quer não, enviado ou não a sua solução:

AFRODITE,    Janita,    Prof. Ms. João Paulo de Oliveira,    Teté,    Elvira Carvalho,    Flor de Jasmim,    redonda,    Pedro Coimbra



Um marroquino morreu e deixou aos seus filhos  19 camelos , deixando escrito em testamento que  metade deles eram para o filho mais velho,  1/4 para o segundo filho e 1/5 para o terceiro ,... mas que o testamento teria que ser rigorosamente cumprido !

Os filhos começaram a fazer contas e mais contas e cada um deles não queria ficar prejudicado !
Acontece é que, fazendo as contas,  o primeiro teria (19/2) =  9,5 , o segundo  (19/4) = 4,75 e o terceiro (19/5) = 3,8  camelos  ! :(((

Claro que eles não queriam partes de um camelo !!!  Todos queriam o arredondamento para cima ! Um queria  10, o outro queria  5 e o outro pretendia os seus 4  !!! ... Só que isso em cada um dos casos implicava que os outros ficassem prejudicados e que não se cumprisse o que estava escrito em testamento !

Havia lá um "tipo" reconhecidamente muito esperto, a quem pediram ajuda !

Ele prontificou-se, mesmo não lhes cobrando nada e prometendo que todos eles iriam ficar satisfeito com a sua sugestão e mais : teriam aquilo que pretendiam e cumpririam a vontade do pai falecido, cumprindo rigorosamente o testamento !

??? ... Mas como ? ...  O que é que ele lhes sugeriu ? ...


Solução para o testamento :

O tal amigo "esperto" sugeriu aos 3 irmãos que iria oferecer a título póstumo, ao pai,  um dos seus próprios camelos !

Ficaria então o testamento a referir-se a 20 camelos e não a 19 !

Ele tinha reparado que 19 não era "múltiplo comum" de (2 , 4, e 5)  e que o "menor múltiplo comum" era 20 !  (ele sabia matemática ! rsrs) 

Nestas condições, para o mais velho ficariam  20/2 = 10  ;  para o segundo ficaria  20/4 = 5 ; para o terceiro ficariam  20/5 = 4  !!! ... Tudo nos "conformes" portanto e camelos "inteiros" ! :))


Haveria ainda um pequeno pormenor a acertar : 

Dado que os 3 irmãos viram os seus desejos satisfeitos e o testamento rigorosamente cumprido de acordo com a vontade do pai, certamente que não veriam qualquer inconveniente em devolver o camelo que sobrava ao seu ofertante !?...  

Tudo bem, quando acaba em bem ! :)))


.

11/08/2016

OS INTERRUPTORES E A LÂMPADA

 DURANTE UNS DIAS, ...  UMA POR DIA !  


Independentemente de terem acertado, ou não, com ou sem pesquisa, obrigado pela presença e participação a :

Janita,    Prof. Ms. João Paulo de Oliveira,    Teté,    Manu,    Elvira Carvalho,    Portugalredecouvertes,     Ricardo Santos,     AFRODITE,     Pedro Coimbra

A questão era esta :

À entrada de um prédio de apartamentos, no hall de entrada, há um triplo interruptor eléctrico ( A, B e C), que acende a luz do hall de entrada de cada um dos 3 apartamentos do 3º andar, para onde eu quero ir.
Acontece que não fui informado sobre este pormenor. :((
Não sei se o meu é o A, se é o B, ou se é o C. (???)

Por acaso 2 deles ainda não estão habitados. 
Acontece que o prédio não tem elevador.  Ora eu quero evitar andar a subir e a descer tantas escadas.
Eu até poderia ligar os três, mas depois teria que vir cá abaixo para desligar os outros dois, mas, mesmo assim, como não sei a que apartamento correspondem, também não saberia quais haveria de desligar ! :((

Quando muito, só estou disposto a descer as escadas uma vez, após a primeira tentativa, mas se o puder evitar, melhor ! 



Ou seja : Eu só quero subir as escadas uma vez para "ter a certeza" de qual dos 3 acende, no meu apartamento !!! Como poderei fazer ?


Felizmente que, para mim e para vocês, não são precisos cálculos matemáticos. :))

Seria interessante tentarem descobrir a melhor maneira, sem recorrerem à pesquisa ! rsrsrs ... Façam de conta que estamos à volta de uma mesa a "brincar" com estas coisas, cada um dando a sua opinião !

Comentários moderados


Resposta e Justificação

Toda a nossa atenção dirigida para os interruptores da entrada e seu manuseamento pela certa ! "Certa", significa esclarecedora, uma vez chegado lá acima e não certa no sentido de "eficaz".

Vou explicar interruptor a interruptor, com as suas consequências, mas a ida lá acima, entendam-na só a partir do fim deste raciocínio e não à medida que vai sendo exposto.

- Para isso só poderei deixar "ON" um deles aleatoriamente !
Nestas condições, uma vez chegado lá acima, se a luz estiver acesa é este o interruptor ; se estiver apagada, não me restará outra solução senão voltar lá abaixo e proceder de acordo.
- Dos outros dois interruptores, ambos terão que ficar "OFF", no entanto terei que criar um artifício que me permita ter uma decisão sobre cada um deles:
Ora se deixar intencionalmente um sem mexer, saberei que quando chegar lá acima a luz correspondente estaria apagada . Seria mais uma certeza relativamente ao segundo.
E como saber relativamente ao terceiro ? ... Tenho que pensar num efeito qualquer que me dê uma indicação de que era esse ! ... Um efeito que faça a diferença entre dois "apagados" ! ... Ora nada mais que o deixar "ON" durante algum tempo , até que a "possível"  lâmpada aqueça e depois passo a "OFF".

Uma vez tudo isso feito, resta-me subir lá acima e tirar conclusões.
Se acesa, óptimo, foi o que deixei "ON" ; se apagado, verei se a lâmpada está quente e nesse caso foi o que liguei e desliguei ; se estiver fria, o interruptor certo seria aquele em que não mexi.

Terei a certeza absoluta, o que não me garante que não tenha que descer ao hall de entrada uma única vez, mas pode acontecer que nem seja necessário !
.

10/08/2016

A VOLTA Á TERRA

 DURANTE UNS DIAS, ...  UMA POR DIA !  


Muito grato aos presentes, participantes, independentemente de terem ou não apresentado o resultado certo:

AFRODITE,    Janita,    Manu,    Teté,    Elvira Carvalho,    Pedro Coimbra.

Nestas coisas, o importante é treinarmos o nosso raciocínio e se possível ultrapassarmos os "nossos" próprios obstáculos ! :))



Vamos imaginar :

a - Que o planeta Terra era rigorosamente uma esfera perfeita ;
b - Que poderíamos colocar um arame à sua volta (em todo o seu perímetro, tal como esse "azul claro").
c - Não precisamos de imaginar (é verdade) que tem cerca de 40.000 kms de perímetro, ou seja        40.000.000 metros (Quarenta milhões de metros !!!)

Agora vamos imaginar que esse arame ficava encostadinho ao chão, a toda a volta, encostando os topos do arame um ao outro a fechar o perímetro, ou seja, teria 40.000.000 de metros !

Imaginemos ainda que resolvemos soldar   UM METRO  de arame a um dos topos (já não ficaria tão rigorosamente encostadinho) ! Ficaria com 40,000,001 metros.


PERGUNTA: 
Será que seria notória a distância a que o arame ficaria do chão ? ...

O que acham ? ... micrómetros, centésimos de milímetro, décimos de milímetro, milímetros, centímetros, decímetros, metros, ...  ???  ... (Isto se não souberem fazer as contas).

... Ou, ... Vá lá. ... (façam as contas ) . Rigorosamente, QUANTO ?




 Resposta e justificação da nova distância do arame ao solo :

(Não irei “complicar” demasiado a explicação, mas antes que ela se torne compreensível)



A “fórmula do perímetro” de uma circunferência é P = 2 x 3,14 x raio =6, 28 x raio

Neste caso trata-se da diferença (de 1 metro) entre 2 perímetros e da diferença resultante entre 2 raios 

Ou seja : 40000001-40000000 = 6,28 x (raio final – raio inicial) …. (em metros)
Dai ,... 1 metro = 6,28 x Diferença dos raios
donde, … Diferença dos raios = 1 / 6,28 = 0,1592 metros = 15,92 cms



O que se pretende evidenciar, nesta charada, é o “enormíiiiissimo” valor registado de cerca de 16 cm de afastamento do arame da superfície da terra, perante o seu pequeníiiiissimo aumento de apenas um metro em 40 milhões de metros !
Creio que a primeira sensação de qualquer um, seja a de que será um valor residualíssimo sem qualquer significado e afinal ele é “enoooorme” !!! :)))



.

09/08/2016

O SACO DAS MOEDAS DE OURO

DURANTE UNS DIAS, ... UMA POR DIA !


Muito grato a todos os que estiveram presentes, independentemente de terem ou não acertado !
Vencermos-nos a nós próprios será sempre o lema ! :))
A verdadeira intenção destas charadas é o divertimento e o ficarmos aqui com um lote delas para em qualquer ocasião usarmos com a nossa família e amigos !
Cada um ficará pois, agora, a saber se esteve ou não certo nos seus raciocínios !

Obrigado a :

Teté,   AFRODITE    Manu,     Janita,    papoila,    Pedro Coimbra



Desafio proposto :

Há 5 sacos com 50 "moedas de ouro" cada,  todos precisamente iguais, só que todas as moedas de apenas um dos sacos é que são verdadeiras ! 
Há portanto quatro sacos com moedas falsas e só um com as verdadeiras !!!

Acontece que te oferecem o saco das moedas de ouro verdadeiro, desde que tu consigas saber qual é o saco e sem ser ao acaso ! ... Apenas se demonstrares que há um processo infalível !

Há um factor que te pode ajudar :

As moedas verdadeiras (informaram-te), pesam  5 gramas precisamente, enquanto que as falsas pesam  4,8 gr.! 

Dão-te a possibilidade de fazer uma só leitura de pesagem, numa balança de ourives (extremamente sensível) , uma vez que, à vista, é impossível detectar a diferença !

Não podes perder esta oportunidade !!! ... Como procederias ? ...



Comentários moderados


RESPOSTA :

Vamos numerar os sacos por ordem de 1 a 5 .
Do saco nº 1 retiramos uma moeda,  do nº 2 ,  2 moedas ; do nº 3,  3 moedas, do nº 4,  4 moedas e do nº 5,  5 moedas.
Marcamos também essas moedas (com um marcador) de 1 a 5 (correspondentemente), para posteriormente as devolvermos aos respectivos sacos.

Ficamos assim com  15 moedas que colocaremos (todas, de uma só vez) na balança (de um ou dois pratos).

Se partíssemos do princípio de que todas elas eram falsas, teríamos então uma leitura de  
4,8 x 15 = 72 gr.

... E agora é fácil compreender (sabendo que as verdadeiras pesam mais  0,2 gr) : 

Se marcar  72,2  gr, o saco verdadeiro é o nº 1
Se    "         72,4   "   será o nº  2
Se    "         72,6   "      "   o nº  3
Se    "         72,8   "      "   o nº  4
Se    "         73,0   "       "  0 nº  5

.

08/08/2016

MARÉ BAIXA - MARÉ ALTA

 DURANTE UNS DIAS, ...  UMA POR DIA !  


O meu obrigado aos que participaram, acertando ou não :

AFRODITE,      Janita,    Ricardo Santos,    
luisa,     Elvira Carvalho,    Flor de Jasmim,    Manu,    
Pedro Coimbra,   cantinhodacasa 

Proposta inicial :

E porque hoje é domingo e está calor , vamos até à água !
E esta é facílima (porque é Domingo) ... e serve para os V/ netos, sobrinhos netos, ou filhos (?) perguntarem aos amigos !
Se não forem capazes de resolver (ou mesmo que sejam), perguntem-lhes ! rsrs ... eles vão-se divertir com os amigos !




Há um barco que está ancorado num porto de mar e que tem umas escadas desde o convés até à água !
Eu sei que não gostam de ver nºs pela frente, mas se tiverem que fazer uma conta, é muito fácil ! :)

Os degraus dessa escada estão distantes uns dos outros,  35 cms !
Quando a maré está baixa vêem-se nitidamente  4 degraus de fora da água !

Se a maré subir 80 cms, quando degraus ficarão à vista ?



RESPOSTA :

Ora pensem bem ! … Um barco flutua !!! … Se a maré sobe, o barco também sobe e o nº de degraus à vista será sempre o mesmo, independentemente da subida ou descida da maré !

A única coisa que pode fazer variar o nº de degraus à vista é a “carga” do barco e não as marés ! :)


… Mas quem não pensou nisso, não se preocupe, porque tem aqui um bom passatempo (charada) para “brincar” com a família e amigos ! :))



Comentários moderados